Barco Hacker: Hackeando o rio!

Antes de qualquer coisa…todo mundo sabe o significado do verbo hackear? Já expliquei aqui no blog, então os senhores deveriam saber! rs

Bom, hackear significa atribuir uma nova função a alguma coisa. Por exemplo, podemos hackear um banco de cozinha quando usamos ele para apoiar a televisão, afinal o uso original para qual ele foi proposto era se sentar e não apoiar uma tevê. E aqui estamos usando o barco e o rio para fins diferentes dos quais eles vinham sendo usados. No caso do barco não mais usamos como meio de locomoção, mas como canal de divulgação, de transporte de dados. Já o rio é usado como meio de empoderamento da população ribeirinha, que com informação é capaz de resolver muitos da seus problemas usando tecnologia e que se não fosse um rio e um barco eles nunca teriam acesso.

Mas afinal o que é o barco hacker? Qual seu objetivo? A grande essência do projeto é trocar informações com a comunidade ribeirinha para conhecer as suas necessidades e começar a elaborar propostas de alternativas ligadas à sustentabilidade e à geração de renda através do uso da tecnologia! Tem como não amar? A resposta é não! Até documentário de circulação internacional foi produzido. Assistam!!!! http://tvbrasil.ebc.com.br/docespecial/episodio/na-proa-do-barco-hacker-0

Não podia deixar de mencionar a idealizadora do projeto que é uma verdadeira heroína de sangue bem paraense e muitos sonhos na cabeça, a Kamila Brito! Aproveito aqui pra deixar meu agradecimento a ela pela força de tocar um projeto como esse! Não desista nunca…são pessoas como você que o mundo precisa!

Bom, mas o que eu, o Mulheres na Computação, o Technovation e a Maratona de Aplicativos fomos fazer lá? Eu Conheci o trabalho da Kamila no FISL desde ano e fiquei admirada, a partir daquele encontro passei a acompanhar o trabalho mais de perto. Fui então que surgiu o convite para participar da edição de comemoração de um ano do projeto. Imaginem minha alegria em receber esse convite!! Aceitei no ato! Poder fazer parte, ainda que de maneira pequena, de um projeto como esse me faz sentir o poder da tecnologia na pele e me recarrega as baterias para continuar nesse trabalho de formiguinha tentando levar tecnologia e empoderamento através dela para os 4 cantos do país…

Não tínhamos 3G (ainda, pois na próxima viagem vamos dar um jeito e vamos fazer acontecer o primeiro hackday navegante do mundo!), então dei uma palestra sobre Empreendedorismo, Tecnologia, Technovation, Motivação, Inspiração e o que mais a audiência quisesse saber, mas não conseguimos programar juntos! A parte boa disso é que serei “obrigada” a voltar para o Barco Hacker pra fazer um Hackday de verdade!

Foi incrível poder dividir com todos os marujos um pouquinho do que eu penso e faço na tentativa de mudar o meu país!

Não posso acabar esse post sem dividir com vocês algumas impressões gerais sobre Belém, o Portal da Amazônia, o Barco Hacker e tudo que vi nessas intensas 36 horas de bate e volta para fazer parte de tudo isso!!! 

NAVEGAPARA: É um Programa do Governo do Estado do Pará para promover a Inclusão Social através da Inclusão Digital e promover a democratização do acesso à Internet pelos órgãos de Governo e pela sociedade, possibilitando a implantação do governo digital e a aproximação do cidadão das políticas públicas eletrônicas. Na prática é internet de graça em vários pontos da cidade, como na Orla e no Aeroporto….vou confessar que rolou conectar 5 minutos no aeroporto, mas o objetivo e a proposta são legais, agora bora trabalhar na execução que fica tudo perfeito! : )

AÇAÍ SALGADO: Manooooo, no Pará e no Norte em geral açai faz parte da refeição normal, entende-se normal por peixe por exemplo, eles comem açai com peixe e farinha!!!!! Fiquei chocada no início, mas provei e curti, viu!? Depois bati um papo com o garçom e contei que no sudeste a gente comia como se fosse um doce, que já vinha batido com Guaraná e adoçado…ele ficou revoltado até! A partir de agora também ficarei…eu achei que comia açaí, depois dessa viagem descobri que como doce de açaí! rs

GENTE DO BEM E LUGARES INCRÍVEIS: Não conhecia o Belém do Pará e muito menos tinha andado pela região da Amazônia e AMEI! Vou contar algo pessoal que aconteceu comigo e me fizeram ter certeza do que já tinha desconfiado assim que desembarquei em Val do Cans, o paraense é demais! Gente do bem mesmo! Feliz independente de qualquer coisa! Bom, o que aconteceu comigo foi o seguinte, viajei de madrugada e cheguei no hotel as 6 da madruga e fui recebi com todo o carinho do mundo por todos que estavam ali, que queriam me dar todas as dicas do que fazer no porta de entrada da Amazônia nas únicas 4 horas de turismo que teria pela cidade. Fui tirar uma soneca de 3 horinhas só pra não dormir em pé na palestra e saí explorar o Pará. Cada táxi que eu pegava era uma farra, cada lugar que eu entrava uma felicidade…enfim, mas a história mais legal que eu vou levar do Pará (além de ter embarcado no Barco Hacker, claro!) foi: estava eu andando pela Estação das Docas, indo para um mercado bem famoso em Belém, o Ver-o-peso! Um lugar bem peculiar! Aí um cara que aparentava uns 40 anos veio me oferecer bala e pelo meu “Não, obrigada!” ele percebeu que eu não era de lá, me fez algumas perguntas e disso que iria me acompanhar até o mercado para me apresentá-lo de verdade e servir de segurança, que não era seguro para  “mulher sozinha com cara de estrangeira”. Tirando o exagero sobre a minha fragilidade, ele foi de uma simpatia e transformou o que seria um passeio superficial, numa aventura de sabores e histórias, me apresentou em todas as barracas, me fez experimentar todas as frutas com nomes impossíveis de decorar, me convenceu de que era possível viver uma vida toda sem tomar um só remédio industrial, só os ‘remédios da floresta’. Enfim, e fez tudo isso sem me pedir um centavo, pelo simples fato de querer mostrar a sua cidade, de querer que o próximo fosse feliz! Tem como não amar um povo assim?

 Conclusão do post gigante depois de um evento sensacional: estou com ainda mais vontade de sair por aí nesse Brasilzão espalhando conhecimento, criando possibilidades e compartilhando experiências! Quero muito também trazer a Amazônia para mais perto de nós….cada comida deliciosa, uma cultura incrível, muito trabalho a ser feito para preservá-la….enfim, precisamos que todos os brasileiros tenham consciência da magnitude desse nosso bem natural!

E aí vão algumas fotinhos dessa incrível experiência chamada Barco Hacker:

Essas são algumas das fotos que eu tirei nas 3 horas de turismo que tive em Belém do Pará:

DSCN1667_

Mangal das Garças…vista para o Portal da Amazônia!

DSCN1668_

Mangal das Garças…oooh lugar lindo!

 

DSCN1685_

Estação das Docas

Aqui começou a viagem no Barco Hacker (esse aí embaixo!)…

DSCN1688_

O Barco Hacker!

DSCN1689_

Pôr do Sol no Pier

DSCN1699_

Kamila falando sobre o projeto!

DSCN1709_

Eu tentando explicar sobre o que eu ia falar!

DSCN1736_

André dando palestra sobre o que ele Pensava, Sentia e Fazia

DSCN1738_

Discussão sobre Mobilidade!

beijos revigorados!

3 comentários sobre “Barco Hacker: Hackeando o rio!

  1. Victoria Mutran disse:

    Camila, adorei ler a sua perspectiva sobre o Barco Hacker e principalmente sobre Belém e o povo paraense. A gente nem percebe, por morar aqui desde sempre, o quanto que algumas coisas são realmente “exóticas” na nossa cultura. Hahaha. Bom, saiba que você é sempre muito bem vinda aqui em Belém e ficamos aguardando o seu retorno o mais breve possível para seguirmos na nossa missão de mudar o mundo. Adorei te conhecer! Beijos 🙂

  2. prudent hackers disse:

    Você precisa de serviços de hackers? Em seguida, entre em contato com prudenthcakers@gmail.com para obter melhores serviços de hackers.
    Nossos serviços incluem:
    * Corte de grau escolar,
    * Hack em contas de e-mail,
    * Todas as contas de mídia social,
    * Banco de dados da escola para limpar ou mudar as notas,
    * Recuperação de documentos perdidos
    DUIs
    * Registros e sistemas da empresa,
    *contas bancárias,
    * Limpar maus condução e registros criminais,
    * Verificações de antecedentes, locais de monitoramento,
    + Cartões de crédito hacking,
    + Pontuação de crédito hack,
    + Monitorar o telefone de seus parceiros,
    CONTATO: prudenthcakers@gmail.com
    Para resultados confiáveis e garantidos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s