MTD: Mulheres na Tecnologia e no Direito

Em comemoração do dia internacional da mulher, a Associação Brasileira de Jurimetria reunirá um grupo de mulheres referência no mercado para tratar de assuntos atuais e importantes: direitos das mulheres, mulheres na tecnologia e no direito.

Parte da renda será destinada ao Bem Querer Mulher, movimento pela não-violência à mulher.

PALESTRANTES:

Alessandra Gotti – Presidente Executiva do Instituto Articule e Sócia Diretora de Hesketh Advogados

Camila Achutti – CTO MasterTech e colunista Época Negócios

Milene Farhat – Publicitária, membro da comunicação e pesquisa da ABJ

Garanta já seu ingresso pelo Sympla com 10% de desconto com o cupom CAMIS10 ♥

DÚVIDAS E SUGESTÕES: relacionamento@abj.org.br

5 mitos e 1 verdade sobre Metodologias Ágeis

Por Larissa Chinaglia, Inbound na Mastertech

 

Você conhece um pouco sobre Metodologias Ágeis? Segundo Jeff Sutherland, criador do Scrum,  “é a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo”.  Essa arte é um conjunto de metodologias que promete acelerar o desenvolvimento de projetos em semanas e até meses.  É um tema bastante importante e atual, afinal, tempo é dinheiro.

Essas metodologias são:

  • Colaboração do cliente;
  • Adaptabilidade;
  • Simplicidade;
  • Feedback constante;
  • Equipes pequenas com alto nível técnico.

Você com certeza vai se surpreender com a quantidade de mitos que existem em torno desse tema Mas como nem tudo é mentira, separamos também uma verdade para você. Quando terminar esse texto será capaz de desmentir esses mitos sobre a metodologia ágil e estará alguns passos mais perto de entender melhor esse assunto.

 

1. É coisa de TI

MITO! Essa é bem fácil, né? Pelo menos esperamos que você concorde. Embora as metodologias ágeis tenham começado a partir do desenvolvimento de software e produtos, elas não são exclusivas dessa área. Todo projeto, seja ele de uma área da empresa ou da sua vida pessoal, pode se ser realizado com mais qualidade e de maneira mais rápida quando feito a partir de metodologias ágeis.

Por exemplo, deseja subir uma campanha de Carnaval no Facebook? E se você dividir todas as suas tarefas em partes: brainstorm dos posts; criação; postagem; patrocínio; análise de resultados, etc. As metodologias ágeis podem te auxiliar a realizar essa campanha sem dificuldades.

 

2. Scrum vai resolver todos os problemas do planeta

Not True Hayden Panettiere GIF - Find & Share on GIPHY

MITO! Se ele fosse capaz de resolver todos os problemas, seria vendido por um preço altíssimo! Embora Scrum ajude muito, ele ainda não consegue resolver todos os problemas do mundo. Tenha o Scrum como um aliado para resolver seus projetos, descobrindo erros mais cedo e otimizando o tempo de desenvolvimento deles, porém saiba que eles ainda dependem de você e da sua equipe para serem finalizados.

 

3. Ou você usa Scrum ou você usa Kanban

MITO! Eles não são inimigos. Claro, que possuem flexibilidades diferentes, mas você não precisa aderir apenas um na sua vida.

Scrum é um framework testado e consolidado pelo mercado para estruturar equipes de desenvolvimento Agile. Com ele você consegue: montar times multidisciplinares e trabalhar em equipe, definir quem é o responsável por cada produto, criar lista de tarefas, entre outras coisas.

Kanban vem de um termo japonês que significa “cartões”. Ele é utilizado para indicar o andamento dos fluxos de produção em empresas. Esses cartões são divididos em: to do, doing e done, assim você consegue visualizar como está o seu projeto.

 

4. Os métodos ágeis têm pouco planejamento

MITO! Muito pelo contrário. Se você parar e se planejar, é possível reduzir o seu tempo de trabalho. Sabe quando você faz uma lista de compras antes de ir para o mercado? Então, você reduz o tempo que vai ficar circulando até lembrar de tudo que falta em casa. Com as metodologias ágeis você vai aprender a se planejar e desenvolver um trabalho muito mais eficaz.

O planejamento ágil é feito em comum acordo entre todos os membros da equipe, e também com o cliente. Esse planejamento também é capaz de provocar uma mudança no mindset, pois geralmente é a partir de uma longa documentação que o planejamento é gerado.

 

5. Não funciona com deadline

MITO! Quando temos os deadlines bem definidos, conseguimos organizar o nosso trabalho e distribuir as tarefas para cada membro do time. Se o seu planejamento for feito com base nos deadlines de cada etapa, você vai conseguir visualizar melhor os resultados e o processo de desenvolvimento do projeto.

 

1. Post-it

Post It Sex And The City GIF - Find & Share on GIPHY

Isso sim é VERDADE! Bem, amamos post-its! Eles se adaptam a todas as ocasiões. Têm cores e formatos diferentes, e ainda por cima podem ser colados e recolados em qualquer lugar! Por ser um papel pequeno, nós nos obrigamos a ir direto ao ponto e sermos bastante objetivos. Eles são grandes aliados para manter a organização e as ideias dentro das metodologias ágeis.

 

Agora você já sabe um pouco mais sobre o tema. Acha que chegou a hora de acrescentar métodos ágeis na sua vida? A Mastertech, escola de habilidades do século XXI que transforma pessoas através de cursos e Bootcamps imersivos está com as inscrições abertas para o curso Imersivo em Gestão de Projetos Ágeis.

O que é hospedagem de sites e como contratar a sua

Por Isabella Vicentin – Analista de Marketing e Parcerias da HostGator

Você sabia que antes de um site ficar disponível e online para ser encontrado na internet é preciso escolher uma hospedagem?

Não se preocupe! Se esse termo lhe parece estranho, é justamente para isso que estou aqui. Vou explicar o que é uma hospedagem de sites e te dar algumas dicas de como escolher a melhor opção, caso esteja pensando em criar um site. Vamos lá?

 

Antes da hospedagem

Antes de escolher a hospedagem, você precisa escolher um nome para o seu site. É essencial que a escolha do nome seja feita com muita dedicação e, em alguns casos, com muito estudo sobre o assunto.

O nome escolhido é mais conhecido como Domínio, que é a URL ou o endereço do seu site na internet e que servirá para ser encontrado pelas pessoas. Veja o exemplo abaixo:

Caso tenha alguma dúvida de como escolher a melhor opção para o seu futuro site, separei um artigo que explica exatamente o que é um domínio e como é possível registrá-lo.

Após a escolha e registro do domínio do seu site, chegou o momento de escolher onde ele será hospedado. Mas antes, vamos entender o que é, de fato, uma hospedagem.

 

O que é hospedagem de sites?

Para um site ficar online, ou seja, disponível para todos acessarem, é preciso que ele esteja “armazenado” em algum lugar. Já que na internet, dados ocupam espaço virtual. E esse lugar, chamamos de hospedagem.

Quem oferece esse serviço, para indivíduos ou empresas com sistemas on-line, são as empresas de provedores de hospedagem. Elas disponibilizam espaço em seus servidores e acesso à internet para que seus clientes possam guardar imagens, vídeos, informações ou qualquer outro conteúdo acessível através da web.

Ou seja, a hospedagem é um espaço no servidor onde todos os conteúdos de um site ficam armazenados e disponibilizados na internet durante 24 horas por dia, todos os dias da semana.

 

Tipos de hospedagem

Agora que você já sabe o que é uma hospedagem de sites, vai conhecer os principais tipos. Assim, fica mais fácil de escolher a melhor opção para o seu futuro site.

Hospedagem Compartilhada

Na Hospedagem Compartilhada, vários sites compartilham o mesmo servidor. Ou seja, dentro de um mesmo servidor, cada site tem um pequeno espaço. Por conta disso, sua principal vantagem é o custo baixo.

Esse serviço é ideal para blog pessoais, pequenas empresas e lojas virtuais que começaram a construir sua presença online agora, e tem um orçamento mais baixo.

Mas mesmo compartilhando um único servidor, cada conta de hospedagem possui seus próprios recursos para armazenamento do site.

Servidor Dedicado

Diferente da Hospedagem Compartilhada, o Servidor Dedicado é um serviço de hospedagem exclusivo. Porém, exige um conhecimento mais avançado para administrá-lo. O que permite controle avançado dando possibilidade de realizar configurações de acordo com as necessidades do seu site.

O serviço é ideal para empresas que pretendem hospedar muitos sites em um mesmo servidor, lidar com grandes volumes de tráfego/acessos, armazenar grandes quantidades de dados ou implementar seus próprios protocolos de segurança.

Uma das vantagens é que não existe necessidade de compartilhamento de recursos, já que o usuário será o único a utilizar, e é mais seguro. Além de estar disponível nas opções Windows e Linux.

Servidor VPS

O Servidor VPS (Servidor Virtual Privado), basicamente, se diferencia por possuir mais recursos do que uma Hospedagem Compartilhada. Além de ser financeiramente mais acessível do que um Servidor Dedicado. Também disponibiliza controle total e personalização do ambiente do servidor.

O serviço é ideal para sites que tiveram um maior volume de tráfego e já não cabe mais em uma Hospedagem Compartilhada.

A maior vantagem é a autonomia no momento de configurar o sistema (acesso root) e ainda contar com a possibilidade de escolher configurações personalizadas.

Agora que você já sabe melhor sobre a diferença entre esses dois tipos de hospedagem, ficou mais fácil de contratar esse serviço de acordo com as necessidades do seu site, não é mesmo? Mas, não se esqueça de escolher um provedor de hospedagem confiável. E principalmente que não vá te deixar na mão depois de pagar pelo serviço. É fundamental escolher uma empresa que preze pela qualidade do seu site e esteja sempre presente para tirar suas dúvidas e que te ofereça as melhores ferramentas para que seu site, cada vez mais, seja reconhecido na internet.

 

Separei um conteúdo, com 10 dicas para que você possa escolher seu fornecedor de hospedagem web sem medo.

Bons negócios!