Inteligência Artificial está na moda. Tecnologia, também.

Quem me acompanha nas redes sociais sabe que durante esta semana fui ao São Paulo Fashion Week. Vi desfile e tudo! Mas estava interessada mesmo é no stand da Microsoft. WTF? Microsoft no SPFW? WHY?

Sim, pessoal! E se você já é leitora ou leitor do blog talvez você não tenha se espantado tanto, afinal sempre digo por aqui que tecnologia está em todo lugar, mas de fato existe um primeiro estranhamento no fato.

Bom, logo na chegada percebi que era um recorte de ambiente muito diferente do meu, mas que tinha muita personalidade, vi um milhão de estilos e fiquei pensando que não existia qualquer regra por ali… cada um tinha seu estilo e ponto.

Aí cheguei no stand da Microsoft, me identifiquei, tinha câmera, monitor e um laptop. Só. Tinham amigos e uma galera se divertindo com a proposta que eu ainda não tinha entendido bem, mas que tinha como slogan: Inteligência Artificial está na moda.

O Januzzi que é diretor de inovação da Microsoft me recebeu e explicou tudo: usando os produtos de IA da Microsoft, um caracterizador de estilo e um recomendador de desfile foi implementado. Com algumas fotos, em pouquíssimo tempo e com o processamento de um laptop, o programa descrevia toda a sua aparência, inclusive com a sua idade, e com isso definia qual era o seu estilo e se tivesse algum desfile na agenda com seu estilo no dia, ele recomendava! 🙂 Muito amor né?! Amei a solução e fiquei encantada com as novidades de IA da Microsoft!

Mas, o que eu queria contar mesmo foi a minha leitura dessa ocupação de um espaço como moda por tecnologia. E fiquei feliz e triste pelo mesmo motivo: as pessoas que interagiam com a experiência ficavam maravilhadas com a “mágica “. Vou me explicar:

Porque isso é bom: tenho convicção que todos saíram de lá pensando como podiam fazer diferente e repensar tecnologia e, inclusive, moda. Provocou a reflexão da mudança de paradigma e curiosidade em todas as pessoas que interagiram com a ferramenta e não foram poucas.

Porque isso é ruim: todo mundo acha que é mágica. Não consegui ver ninguém querendo saber como funciona de verdade, para maioria ser mágica está bom. Só que na sociedade atual essa falta de literacia digital ainda é muito grande e muito arriscada. Tem um milhão de problemas aí fora no mundo real que poderiam estar resolvidos com tecnologia.

Reflitam. Precisamos entender de uma vez por todas que tecnologia está em tudo.

DEZ ALUNAS DO NAVE PARTICIPAM DO TECHNOVATION CHALLENGE

Imagine uma escola onde ensinar o conteúdo caminha junto a produzir novos conhecimentos. ❤ Um lugar onde professores e estudantes se preparam juntos para um mundo cada vez mais digital e desafiador. Essa escola é o NAVE (Núcleo Avançado em Educação), um programa de Ensino Médio Integrado Profissionalizante desenvolvido pelo Oi Futuro em parceria com as Secretarias de Estado de Educação do Rio de Janeiro e Pernambuco. Isso significa unir uma escola pública de ensino médio a cursos técnicos em tecnologias digitais. Cada curso técnico é desenvolvido em parceria com instituições especialistas em diferentes áreas de conhecimento, oferecendo cursos de Programação de Jogos Digitais e Roteiros para Mídias Digitais e Multimídia.

 

No dia 13 de maio, dez alunas do NAVE, programa de Educação do Oi Futuro, estarão em São Paulo participando do Technovation Challenge, maior competição internacional de tecnologia desenvolvida por meninas. Agrupadas em duas equipes, as jovens do NAVE vão defender seus dois projetos participantes, “Noiserped” (game que ajuda jovens que sofrem de depressão) e “Love Pills” (app criado para ajudar jovens em situação de crise de pânico) em sessões de pitching previstas para às 14h. Se os projetos forem aprovados, as meninas do NAVE seguem para a etapa final da competição, no Vale do Silício, onde vão concorrer com times de desenvolvedoras de diversos países.

O NAVE (Núcleo Avançado em Educação) forma jovens para as economias digital e criativa, com foco na produção de games, aplicativos e produtos audiovisuais. O programa, criado pelo Oi Futuro e desenvolvido em parceria com as Secretarias de Estado de Educação do Rio de Janeiro e Pernambuco, oferece ensino médio integrado e profissionalizante. Além de obter formação técnica, os estudantes do NAVE são incentivados a desenvolver o espírito empreendedor e a estabelecer suas primeiras conexões profissionais, por meio de projetos e eventos de integração com o mercado de inovação.

A proposta do Technovation é estimular meninas de todo o mundo a usarem a tecnologia para desenvolver soluções para melhorar a vida das pessoas e a sociedade.  A competição reconhece os melhores projetos de aplicativos e empreendedorismo voltados para desafios reais das cidades e para a promoção do bem estar desenvolvidos por equipes de meninas entre 10 e 18 anos. As finalistas viajam para a Califórnia para apresentar seus aplicativos e planos de negócios para investidores na final mundial, e concorrem ao prêmio de U$ 10.000 dólares e suporte para finalizar e lançar o aplicativo no mercado.

 

Mais informações sobre os projetos das alunas do NAVE:

 

Equipe Girls on Power – Projeto: “Noiserped”
https://my.technovationchallenge.org/apps/noiserped-by-girls-on-power

Equipe JELLP Gang – Projeto: “Love  Pills”
https://my.technovationchallenge.org/apps/love-pills-by-jellp-gang#tab–team_submission_pitch_video

Social Good Brasil Lab 2017

O Social Good Brasil é um laboratório pioneiro no Brasil que apoia empreendedores a desenhar e validar ideias que usam tecnologias para impacto social.

O Lab possui 4 meses de duração, encontros presenciais e trocas de aprendizados através de um ambiente virtual. Os encontros presenciais acontecem na Grande Florianópolis, cidade destaque como polo tecnológico.

Se você tem uma ideia ou iniciativa em estágio inicial que contribui para um problema da sociedade e deseja participar de um ambiente que ajuda a dar ritmo e foco para sua ideia, então o Lab foi feito para você! Assista esse vídeo:

Saiba mais sobre este incrível Lab e não fique de fora! Clique aqui