Programando na FFLCH-USP (Hãããm???)

Hoje o post é bem pessoal, mas indispensável! Não podia deixar de contar essa minha experiência para vocês!

Há umas duas sexta-feiras atrás, eu acordei e minha irmã, aquela da linguística computacional (Essa aqui!), me convidou pra ver a famosa aula com ela (mentira!! eu que me convidei!!!) lá na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. De maneira bem genérica a aula é de programação em Python com a resolução de problemas aplicados a linguística, por exemplo como faz um algoritmo para o T9 do seu celular funcionar? Uma aula muito interessante! A que eu assisti foi sobre N-gramas! Foi muito bacana!

Bom, mas não estou aqui pra falar da matéria em si, e não porque ela não mereça, mas o que eu queria compartilhar é um fato incrível que ela está promovendo…

A primeira ótima surpresa foi chegar e já ver 5 meninas esperando para entrar na sala. Fiquei radiante de ver uma maioria feminina fazendo a matéria, afinal dos 12 alunos regularmente matriculados (os poucos que resistiram depois da fase de trancamentos), 9 eram meninas…siiiiim 75% da turma!!!UHUUULLL quem disse que programar é coisa de homem??!!!

Logo em seguida chegou o professor Marcos Lopes, ele me recebeu muito bem e eu ressaltei minha surpresa sobre o fato de termos uma turma com a maioria feminina e a fala dele foi: “Quando a gente dá algo mais difícil só sobram as meninas mesmo. Elas são muito dedicadas”. Fofo, não!?

Bom, superada a empolgação inicial a aula começou com o outro professor, o Marcelo Ferreira. Além da matéria ser super interessante, eu estava vendo ali estudantes independente do sexo desbravando uma mundo totalmente novo pra eles e gostando de estar ali. Percebi que todos que estavam ali sabiam que aquilo não era fácil, mas todos enxergavam a oportunidade de aprender e aprender muito independente se serem homens ou mulheres. Ali não existia nenhum preconceito ou impedimento. Queria que todo mundo visse aquilo e tomasse como exemplo….professores que querem ensinar e alunos dedicados independente de gênero!

Queria que as meninas e mulheres se sentissem apoiadas na empreitada de aprender o que elas quisessem e se isso for programação, que seja e que ela recebam incentivo : )

Sinceramente ganhei o meu dia, o mês e o semestre! hahaha. Ver que o mundo tá caminhando para frente, tanto na igualdade de gêneros, quando no interesse pela programação!hahahahah

Ver mulheres tendo a certeza que, mais do que programar são capazes de tudo, absolutamente tudo! E além disso ver homens apoiando-as nessa empreitada! : )

beijos felizes e esperançosos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s