Nossa “vida” não é a única possível!

Segundo a Nasa, a bactéria GFAJ-1, além de respirar oxigênio e consumir açúcar como todos os outros seres vivos, possui a capacidade de sobreviver em meio ao arsênio (substância altamente tóxica). E como se isso não bastasse: ela também o incorpora à sua estrutura celular, utilizando-o para funções químicas. Não é uma simples tolerância, entende!? Tudo bem, isso legal, mas…e daí?! Daí que um dos maiores paradigmas da ciência, foi por água abaixo.

Acreditava-se que todos os seres vivos dependiam de carbono, hidrogênio, nitrogênio, oxigênio, fósforo e enxofre, que formam nossos três componentes básicos: DNA, proteínas e gorduras. Com essa descoberta, isso mudou. Afinal, sabemos agora, que ainda que em condições extremas, é possível substituir o fósforo pelo arsênio, que, acreditavamos ser tóxico aos seres vivos, justamente porque tem uma composição muito parecida com a do fósforo e, por isso, pode tomar o seu lugar nas moléculas do organismo.

Agora, uma curiosidade: essa descoberta, veio por acaso. A bactéria foi encontrada no Lago Mono, na Califórnia (EUA), onde acreditava-se que a vida era impossível por causa da presença maciça de arsênio. Ainda não se conseguiu provar que o organismo é capaz de substituir completamente o fósforo em sua composição.

Ok, não dá nem pra comparar com uma descoberta do tipo: OS ETs EXISTEM! Mas, convenhamos, têm uma importância enorme, uma vez, que é uma prova de que a vida como nós a conhecemos não é a única possível.

Outro “uso” dessa descoberta é, a possibilidade, do desenvolvimento de novas fontes de energia renováveis, baseadas em seres vivos que metabolizem o arsênio.

2 comentários sobre “Nossa “vida” não é a única possível!

  1. Dosansil disse:

    É verdadeiramente uma informação muito importante. Gostei do artigo. Esse tipo de descoberta causa polêmica, justamente porque sempre que se demonstra com evidências que outras formas de vida são possíveis os conservadores se sentem ameaçados. Carl Sagan, brilhante e respeitadíssimo, sempre sofreu com olhares tortos, ao tratar do tema.

  2. guilherme disse:

    assim como os et’s, isso também é altamente relevante ca…
    a diferença é que em vez de olharmos para fora, olharam para dentro, entende?
    tão importante quanto.
    imagina um ser humano feito de outra molécula, se não a padrão?
    ainda seria um ser humano?
    um extra terrestre?
    um mutante? hahaha
    interessante né? rs

    boa escrita como sempre, continue com as novidades!
    bjs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s