The Social Network: O Fenômeno!

Acho que não sou a única pessoa que pensa que o Mark Zuckerberg é um gênio e que a maioria das pessoas do planeta, jamais alcançaram seu nível intelectual. No caso dos que trabalham ( ou querem trabalhar como eu) com computação, o pensamento é  que jamais alcançaremos sua rapidez, qualidade de programação, criatividade e blá blá blá! 

Porém…esse é o sentimento só na primeira metade do filme. Depois disso, começamos ( pelo menos aconteceu assim comigo!) a perceber que o essencial para o seu sucesso não foi o trabalho bruto em si, por exemplo, escrever o código em pouco tempo, mas sim a grande “sacada” que ele teve (ou roubou, sei lá…o interesse não é esse), isso sim merece ser exaltado. A idéia era/é simples e maravilhosa, sobre isso não tem discussão. Ele conseguiu achar uma maneira de “digitalizar” algo que já fazia parte da realidade, facilitando-a. E, na minha humilde opinião esse é o futuro…conseguir “jogar” para o mundo dos bytes as coisas que já fazem parte da vida de todos os seres humanos, otimizando-as.

Quero muito ter uma ideia dessas! Já imaginaram ganhar bilhões, ter um filme sobre a sua invenção, influenciar a vida de 500 milhões de usuários, deixar sua marca no mundo e tudo isso aos 20 e poucos anos…bom, mas alguém aí duvida que o Facebook entrou pra história?! E foi um idéia louvável!?

Outro aspecto que eu queria comentar e nada tem a ver com tecnologia e que pode soar até um pouco prepotente para uma garota de 18 anos, é que não podemos/devemos descuidar da nossa vida pessoal, como deixar de fazer as coisas que nos alegram. Nem deixar de dar atenção para as pessoas que estam a nossa volta, principalmente nossos amigos. Contar vantagem em cima de qualquer pessoa (até mesmo de um inimigo) nunca valerá a pena…talvez te traga algum dinheiro, mas do que vale este se você não é feliz com a sua consciência!? ou ainda se não tem amigos com quem compartilhar momentos legais!? Não vou ser moralista e dizer que dinheiro não traz felicidade….traz! Mas só se vier acompanhado de outras coisas…e uma delas é ter alguém com quem dividir. Portanto abram bem os olhos e não deixem que nenhum  Sean Parker ( personagem do Justin Timberlake ) te influencie!?

Beijos!

PS: Quem quiser me adiciona lá!? hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s