#GHC15: Day 1 – INCRÍVEL!

Olá pessoal,

Que dia! Ontem foi surreal! Maior correria da história! Acompanharam o facebook [mulheres.computacao], o snap [camilaachutti], o insta [camilaachutti] e o twitter [@CamilaAchutti]? Me digam se vocês quiserem saber de algo específico!

Ontem minha agenda foi a seguinte:

[8:30 ~ 10:00] Keynote

[10:30 ~ 11:30] Beyond Technical: Advancing Carrers through Business Knowledge and Relationship Management

Humanitarian Free and Open Source Software: Motivating the Underrepresented

[11:45 ~ 12:15] Student Opportunity Lab

[12:15 ~ 13:00] The Idearator: A Tool for Generating Exceptional Ideas

[13:00 ~ 14:15] GHC Scholars Lunch & Apple Panel (The power of CS mixed with liberal arts)

[14:15 ~ 15:15] Making Makers to Make Makers

[15:45 ~ 17:15] Afternoon Plenary

[17:45 ~ 18:30] Carrer and Community Fair

[18:30 ~ 19:30] Latinas in Computing Meetup

Se alguém quiser saber algo específico de algum deles deixa nos comentários que eu respondo ❤

Mas aí você alguns dos meus highlights:

UM DOS MELHORES KEYNOTES DA VIDA

O primeiro keynote foi da Hilary Mason, ela é cientista da computação, cientista de dados, CEO e founder da Fast Foward Labs! Resumindo ela é e foi demais! Ela falou duas coisas que me tocaram muito:

  • No tecnologia as coisas mudam muito rápido então é muito difícil planejar uma carreira, prever como será essa área nos próximos 5 anos se tornou uma missão impossível, então ao invés de planejar e seguir um caminho sem olhar pra trás devemos ter em mente que somos nós que vamos construir o futuro, vamos pensar então em como queremos o mundo que vamos viver e construí-lo. Esse é o melhor plano que alguém que trabalha com tecnologia pode ter!
  • De onde vêm as grandes inovações? Academia? Sim, mas nem sempre…afinal ela são bem mais burocráticas e não tem foco em soluções comerciais na maioria das vezes. Das grandes empresas? O grande impecilho é que elas têm muitos níveis e por vezes acabam sufocando a inovação. A resposta certa é então: as startups ❤❤❤❤ Não é fácil, afinal as startups têm que sobreviver, pagar as contas!!! Estou sentindo isso na pele e garanto para vocês: dá medo! Mas ver a coisa girando é a melhor sensação do mundo!

Começar um negócio envolve uma constelação, não depende só de você tem uma infinidade de variáveis…mas se você for a estrela que brilha mais forte você vai conseguir influenciar muito essas variáveis!

UM PAINEL INSPIRADOR

Painel sobre como avançar na carreira com grandes role models: Shannon Sweeney (InSource) , Phylis Kolmus (AT&T), kunkun Callaghan (Freddie Mac), Amy J. Bravo (Extreme Network), Hoffman Michele (Clarendon Partners). A principal dica aqui foi: “Não se coloque como a pessoa de TI e só, mas a pessoa que tem as melhores ideias para resolver os problemas da companhia e do mundo. ”

Além disso, nunca pare de estudar! As tecnologias mudam muito rápido, mas além da técnica, não se esqueça das suas habilidades de gerenciamento e liderança!

MEU RECADO: Student Opportunity Lab

Não sei se todo mundo lembra que eu estou aqui nos EUA por causa do prêmio que eu ganhei em maio, o Women of Vision. Aí, aqui na conferência tem um espaço chamado Student Opportunity Lab, onde tem várias mesas que ficam infinitamente discutindo assuntos como Machine Learning, Managment…e aí tem professores, profissionais que ficam passando. A interação é muito legal : )

FALHAR É NORMAL

Só queria contar uma coisinha para vocês se lembrarem que falhar é totalmente ok e nós podemos aprender muito com elas! Durante a apresentação do The Idearator: A Tool for Generating Exceptional Ideas, que é um projeto do MIT e tals,  na hora da demonstração…CAIU! A speaker ficou bem confusa sobre o que fazer, mas todo mundo que estava lá entendeu! E se lembrou de algum momento que estavam naquela mesma situação! Então! Lembrem-se! Não tenham medo! Errar é normal! Não falei que é legal! Mas ninguém vai morrer e não podemos deixar esse medo de errar nos impedir de tentar!

So…ERRAR É NORMAL, principalmente quando ninguém nunca fez aqui!hahahahaha

UMA TARDE INCRÍVEL: Afternoon Plenary

Clara Shih (CEO and Founder of Hearsay Social), Blake Irving (CEO and Board Director of GoDaddy) and Megan Smith (CTO of USA) discutiram como mudar a cultura na indústria da tecnologia.

Cada um deles representou um grande ator da insdustria, a startup, a grande empresa e o governo. Foi incrível poder ter a visão de todos esses atores. Todos eles passaram pela ideia de que precisamos nos abrir e começar a discutir o estereótipo que queremos, que é de uma tecnologia que ajuda, que colabora e não que assusta. A Megan Smith, por exemplo, enfatizou a necessidade que temos em tornar o conhecimento de tecnologia acessível, dar oportunidade de quem quiser mudar de vida aprender. Colocar tecnologia como uma maneira de melhorar de vida é uma das possibilidades, por todos querem uma vida melhor, independente de gênero, classe social, idade…

#boramudaresseestereótipo

UMA FEIRA DAQUELAS

Para terminar o dia passei bem rápidinho pela feira de carreiras e oportunidades, que é um salão com stands das maiores companhias de tecnologia e universidades do mundo! E o grande barato aqui é que elas recrutam aqui na feira, as estudantes andam com os currículos impressos e saem planfetando, é lindo de ver! E tem round de entrevistas do lado!

Além disso eles tem brindes para chamar atenção, tipo camisetas e carregadores portáteis…

ENFIMMMM…foi um dia incrível e foi só o primeiro! ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s