EMPREENDER: Saber não é suficiente.

Saber não é suficiente, devemos aplicar. Querer não é suficiente, devemos fazer. Johann Goethe

Muitos estão pensando: “Isso não é novidade, o Goethe já falava isso em 1800!”, “Minha nossa, ela só descobriu isso agora?”

Mas quantos de vocês sentiram isso na pele? Se você foi, é ou será um empreendedor, sem dúvida nenhuma, aprendeu, está aprendendo ou aprenderá que: ler livros, seguir blogs, acompanhar tudo que acontece, ver aula, workshops e toda e qualquer outra coisa relativa a teoria de empreendedorismo nunca vai te transformar num empreendedor de verdade se você não “botar pra rodar”, não “colocar a mão na massa”, não “dar a cara a tapa”. Nada!

Quero que vocês não me entendam mal e pensem que eu estou dizendo que tudo isso não é importante. Muito pelo contrário, acho que temos que fazer tudo isso, sim. E talvez seja a melhor maneira de começar sua história como gente grande. Estudar e se informar nunca vai ser demais.

O que eu quero dizer pra vocês é que é surpreendentemente enorme o abismo entre saber e fazer. É como um cirurgião que estudou somente pelos livros, vendo fotos e radiografias, sabe tudo, mas nunca praticou, nunca viu sangue jorrando, sabe!? ( ok, fui longe demais, mas vocês me entenderam agora, né!? rs ).

Tem um monte de meandros e exceções que livro nenhum vai te contar, que palestrante nenhum vai te falar, que professor nenhum vai te ensinar. Não porque eles são incompetentes ou qualquer outra coisa, mas sim porque essas coisas são empíricas e vão depender diretamente de você, dos seus sócios, do seu plano, da sua ideia, da sua empolgação…essa infinidade de variações possíveis não foram e nunca serão totalmente mapeadas ou se quer encaradas por alguém sobre a face da Terra.

Na minha visão, “Você provavelmente não vai conseguir fazer exatamente com está aqui!”, “Você vai ter que estragar tudo pelo menos uma vez!”, “ Isso não é um mapa da mina!”, “Sei o que não fazer, mas o que fazer vou ficar devendo!” deviam ser frases mais frequentes no mundo do empreendedorismo, afinal descobrir não é trivial. Especialização leva tempo. Empreender é coisa séria.

Sendo assim, a melhor resposta para as perguntas desse universo é DEPENDE.

Conselhos, depoimentos, teorias são mais do que bem vindos, mas não são como o código de um programa que é facilmente executado se cumprir cada um dos requisitos. São mais parecidos com as coordenadas de um mapa incompleto que exigem habilidade, contexto, ousadia e criatividade.

Bom, minha esperança é que no final de tudo isso possamos te dar ferramentas como lápis, régua, borracha pra vocês desenharem seus próprios mapas ou serem capazes de completar aquele com as coordenadas mal feitas…então aí vai um conselho:

2 comentários sobre “EMPREENDER: Saber não é suficiente.

  1. João Machini disse:

    Muito bom esse post! Parabéns! Gostei bastante!

    Por exemplo, em todos os livros relacionados a Lean Startup, sempre é enfatizado o termo “aprendizado validado” (validated learning). Tudo parece muito óbvio, mas entender de verdade é outra coisa. O exemplo do cirurgião foi muito bom!

    Na minha visão, o maior gap está na diferença entre o mindset e os aspectos técnicos. O mindset é essencial, mas você só consegue aplicá-lo através dos aspectos técnicos. Por exemplo, Get Out of the Building é o mindset, mas como você arranja usuários? Como você entende o que eles precisam? Como deve ser e experiência do usuário? Como implementar? Tudo isso é necessário… o fazer…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s