POST CONVIDADO: O que é WCAG? Por que é importante?

WCAG é a sigla para Web Content Accessibility Guidelines ou, no bom português, Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web. As WCAG são parte de um conjunto de recomendações que tem o intuito de tornar o conteúdo web acessível para todos os usuários, inclusive (e especialmente) para aqueles com necessidades especiais.

WCAG 1.0

As WCAG foram publicadas pela primeira vez em 5 de maio de 1999, como uma série de recomendações propostas pela Web Accessibility Initiative (W3C). A primeira versão das WCAG determinava três níveis de prioridade e quatorze diretrizes, que deveriam tornar o acessibilidade de conteúdo web mais simples para os usuários.

As Prioridades

A Prioridade 1 diz respeito a um conjunto de requerimentos que todos os desenvolvedores web precisam satisfazer. Sem que essas demandas sejam atendidas, será impossível que um ou mais grupos acessem o conteúdo. Estar de acordo com essa prioridade é descrito como A.

A Prioridade 2 é um conjunto de demandas que os desenvolvedores web deveriam satisfazer. Caso algumas delas não sejam observadas, é possível que alguns grupos tenham dificuldade para acessar o conteúdo. Estar de acordo com essa prioridade é descrito como AA ou A duplo.

A Prioridade 3, último conjunto de demandas da primeira versão do WCAG, descreve requerimentos que os desenvolvedores web podem satisfazer e que torna mais fácil o acesso ao conteúdo por alguns grupos. Estar de acordo com essa prioridade é descrito como AAA ou A triplo.

As Diretrizes

As quatorze diretrizes das WCAG 1.0 são princípios gerais de design de acessibilidade. Cada diretriz abrange um tema básico e está associada com um ou mais pontos-chave, que descrevem como sua aplicação pode ser feita em páginas da internet. São elas:

  • Diretriz 1: fornecer alternativas equivalentes, tanto em conteúdo de áudio, como visual;
  • Diretriz 2: não depender apenas das cores;
  • Diretriz 3: usar linhas de marcação e CSS de maneira apropriada;
  • Diretriz 4: usar linguagem clara e natural;
  • Diretriz 5: criar tabelas que se transformam graciosamente;
  • Diretriz 6: garantir que páginas que usam novas tecnologias se transformem graciosamente;
  • Diretriz 7: garantir que o usuário tenha controle sobre mudanças de conteúdo com limite de tempo;
  • Diretriz 8: garantir acesso direto a interfaces de usuário incorporadas na página;
  • Diretriz 9: pensar num ambiente que seja independente de dispositivos;
  • Diretriz 10: soluções imediatas para o usuário;
  • Diretriz 11: usar tecnologia e diretrizes da W3C technologies;
  • Diretriz 12: fornecer informações de contextualização e orientação;
  • Diretriz 13: fornecer mecanismos intuitivos de navegação;
  • Diretriz 14: garantir que os documentos sejam claros e simples.

WCAG 2.0

Uma versão revisitada das WCAG foram publicadas em 11 de dezembro de 2008. As WCAG 2.0 consistem em doze diretrizes que estão organizadas em quatro princípios:

  • Perceptivo: os componentes de informação e interface devem se apresentados de modo que o usuário possa depreender tudo que precisa. As diretrizes de Percepção são:
    • Diretriz 1.1: os componentes de informação e interface devem ser apresentados de modo que o usuário possa depreender tudo que precisa;
    • Diretriz 1.2: fornecer alternativas para mídias baseadas em tempo;
    • Diretriz 1.3: criar conteúdo que possa ser apresentado de formas diferentes (um layout mais simples, por exemplo) sem perda de estrutura ou informação;
    • Diretriz 1.4: fazer com que o usuária possa facilmente ver e ouvir conteúdo, incluindo separação entre planos visuais na página.
  • Operacional: Os componentes de interface do usuário e navegação devem ser operacionais. As diretrizes de Operacionalização são:
    • Diretriz 2.1: fazer com que todos os recursos disponíveis possam ser acessados pelo teclado;
    • Diretriz 2.2: fornecer aos usuários tempo suficiente para usar e ler todo conteúdo;
    • Diretriz 2.3: não formatar conteúdo que possa causar convulsões;
    • Diretriz 2.4: fornecer vias que ajudem o usuário a navegar, encontrar conteúdo e determinar onde ele se encontra.
  • Intuitivo: os componentes da interface de usuário e navegação devem ser intuitivos.
    • Diretriz 3.1: elaborar conteúdo de texto que seja claro que objetivo;
    • Diretriz 3.2: construir páginas de internet que operem de maneira previsível;
    • Diretriz 3.3: ajudar os usuários a contornarem e corrigirem erros.
  • Robustos: o conteúdo deve ser robusto o suficiente para que possa ser bem interpretado por uma grande variedade de usuários, incluindo tecnologias de assistência.
    • Diretriz 4.1: maximizar a compatibilidade para todos os usuários, tanto atuais quanto futuros, incluindo tecnologias para assistência.

Nas WCAG 2.0 ainda temos os mesmos níveis de prioridade (A, AA e AAA), como no WCAG 1.0, mas elas foram redefinidas.

As WCAG definem a maneira como a internet é pensada. Elas servem como um facilitador para acesso a conteúdo na internet, tornando-o mais popular e simples, aumentando sua penetração e eficácia. Sendo assim, é muito importante para quem trabalha produzindo conteúdo voltado para um usuário final, pois sem as diretrizes propostas pela W3C a internet seria uma colcha de retalhos, muitas vezes não clara para todos e exclusiva para pessoas que não possuem necessidades especiais.

—————————————————————AUTOR—————————————————————

RODRIGO

Rodrigo de Oliveira Rodrigues tem 27 anos, é graduando no curso de Ciências Atuarias pela FEA USP e atua como CEO do AcessoShop.com.br, sendo sócio da empresa desde 2004. Tem como principais hobbies reunir os amigos em volta da churrasqueira, antigomobilismo e motocross.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s