AGILE2012 – Times ágeis!

Bom, aí vai um post que eu gastei um tempinho tentando simplificar ao máximo a ideia geral de duas palestras muuuuito bacanas de duas pessoas incríveis sobre times ágeis, que eu vi lá na conferência. Uma foi Influencing teams with psychology (  Influenciando times com psicologia) do Charles Suscheck e a outra Self-Organizing Teams ( Times que se auto-organizam ) da Esther Derby.

Olha eles aí…

Charles Suscheck

Esther Derby

OBS 1.: A segunda palestrante Esther Derby é uma Mulher da Computação para se orgulhar. Se quiser saber um pouquinho mais está AQUI.

 

Time montando um Kanban

 Top 10 – Como fazer uma equipe ágil bacana! : )

1. Capacitá-los – Incentivar seu time a estudar e se reciclar sempre. E além disso reconhecer quando conhecimentos adicionais são apresentados, isso motiva a equipe a querer sempre mais.

2. Ouça-os – A equipe está mais perto dos detalhes técnicos do projeto e também em melhor posição para determinar as soluções mais eficazes para problema. Além disso, incentivar a equipe a resolver os problemas tem duas vantagens principais: demonstra que a visão deles é valorizada, tanto quanto a produção, o que faz as pessoas se sentirem mais envolvidas; e as soluções sugeridas pela equipe são mais propensas a serem abraçadas e executadas com entusiasmo, por um motivo óbvio. É melhor ter uma solução 70% ótima executada com entusiasmo 80% do que uma solução 100%, ideal executada com entusiasmo 40%.

3. CONFIAR neles para fazer o trabalho – gestão e produção macro minam a confiança e sufocam os sentimentos de criatividade e capacidade que são justamente duas coisas que tentamos promover a todo custo.

4. Monitorar de perto e não intervir – decidir quando parar ou quando dar um passo atrás é missão do time. Muitas variações na velocidade da equipe e disputas de projetos podem ser bastante ruins para o desenvolvimento das atividades do time. Lembrando que as questões de origem externa ao projeto pedem a intervenção imediata do líder da equipe, por exemplo. Aliás é por isso que essa figura existe.

5. Criar um espaço de trabalho produtivo para eles – equipes ágeis necessitam de áreas com espaço aberto para facilitar a comunicação, espaço com pelo menos uma parede para cartas e cartões. Além disso é necessário prover ferramentas para isso, papeis, post-its, canetas ou pelo menos algum software de gerenciamento ágil de projetos.

6. Fornecer suporte para eles – uma parte importante de métodos ágeis é fazer com que as pessoas tenham o que precisam para ser produtivo e bem sucedido. Além do que eu já citei acima, que tem caráter prático, este abrange não só os computadores e softwares, mas também treinamento e orientação. Quando uma área problemática é identificada, discuti-la com os membros das equipes envolvidas, reconhecê-la como área de melhoria e em seguida, fornecer orientação e treinamento para cultivá-las. O projeto precisa de produtividade e muitas vezes a melhor maneira de conseguir isso é fazer crescer a capacidade de produção dos membros da equipe. Ele ajuda as pessoas a se sentirem valorizadas e melhora a retenção de funcionários também.

7. Estimular a reflexão e adaptação – Nenhum processo já é concebido de forma otimizada de primeira e nenhum plano sobrevive ao contato com o “inimigo”. Acelerar as melhorias do projeto pode ser feito por meio de simples comentários. As revisões de código e retrospectivas são ótimas maneiras de encontrar áreas para melhoria. Certifique-se de implementar as sugestões e volte para garantir que ele vão realmente entregar os benefícios esperados. Além disso, pergunte abertamente para a equipe coisas como “Onde estamos vulneráveis?”, “Onde é que mais precisamos melhorar?”

8. Recompensar e reconhecer-lhes – as equipes precisam recompensas regulares e de reconhecimento para manter o entusiasmo e combustível. Esperar o projeto ser entregue para comemorar é muito pouco, muito tarde e pode simplesmente nunca acontecer se o time ficar desmotivado ou membros abandonarem o projeto devido a falta de reconhecimento. Encontre freqüentes ( mas sempre reais) motivos para celebrar com a equipe. Reconhecer as conquistas individuais com um sincero “obrigado” já faz toda diferença, pode apostar.

9. Comunicação – compartilhar as notícias do projeto, boas e más, deve ser uma constante com a equipe, deve ser feito de maneira livre. Comunique a visão do projeto e dos sub-componentes para garantir que as pessoas tenham um entendimento comum dos objetivos finais que todos estão visando atingir.

10. Alinhar os objetivos e promover pessoas – Descubra em que as pessoas querem trabalhar e, em seguida, sempre que possível, encontrar formas de integrar este trabalho no projeto. Alinhar seus objetivos pessoais com os objetivos do projeto é uma ótima maneira de aumentar o compromisso e a produtividade. Finalmente, ajudar o progresso de pessoas em suas carreiras e promover os merecedores está acima e além de seu controle, senão acontecer com você, na sua empresa, no seu projeto, você simplesmente vai perder um bom recurso para outro.

 

É isso! Espero que tenham gostado!

Beijos!

Um comentário sobre “AGILE2012 – Times ágeis!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s