Exército dos EUA cria “vigia” de perfis nas redes sociais

O Exército americano está desenvolvendo um software de controle e manipulação de redes sociais para fazer propaganda pró-Estados Unidos ao redor do mundo, segundo reportagem do jornal britânico The Guardian. O programa foi encomendado a uma fabricante da Califórnia, por meio de uma licitação do Comando Central do Exército, o Centcom.

A companhia, cujo nome não foi revelado, foi contratada para fabricar um software capaz de criar “perfis-robô” em sites de relacionamentos que possam ser controlados a partir de uma única conta. Segundo uma pessoa ligada ao Exército informou ao Guardian, o programa vai permitir que cada funcionário controle até dez perfis falsos ao mesmo tempo.

De acordo com o porta-voz do Exército, Comandante Bill Speaks, a tecnologia que está sendo criada vai permitir que o Centcom monitore as mensagens hostis aos EUA publicadas na internet em outras línguas. Ele acrescenta que nenhuma dessas “intervenções” será em inglês, visto que “seria ilegal abordar cidadãos americanos dessa forma”.

Quando o software estiver pronto, ele vai apontar para os controladores dos perfis onde o nome dos Estados Unidos é mencionado. A partir daí, o oficial do governo poderá intervir na conversa como se fosse uma pessoa real, e não um funcionário da Casa Branca. A estratégia, segundo o Centcom, é difundir uma boa imagem dos EUA para internautas ao redor do mundo.

O foco do software, segundo o Exército, não é nenhuma rede específica nem sites baseados nos EUA – em inglês ou não. A intenção é apenas responder às mensagens de violência contra o país.

Lendo a nbotícia desse jeito nem parece tão ruim vai!? Eu duvidei que eles usariam SÓ para responder mensagens suspeitas…

AGORA VAMOS A REALIDADE:

O grupo Anonymous descobriu um projeto do Exército dos EUA chamado Metal Gear, que visa a construir identidades falsas na internet para divulgar propaganda. Isto se dará com ajuda de um software que irá criar perfis no Facebook ou no Twitter  para influenciar nos fóruns e discussões da Rede. De fato, esta iniciativa já poderia estar sendo posta em prática no Iraque e no Afeganistão.

De acordo com documentos publicados pelo Anonymous, o projeto Metal Gear pretende construir um “software” para manipular as redes sociais. O processo está criando “falsas identidades online” nestas redes. Assim, os militares dos EUA podem fazer comentários, introduzir argumentos contrários e, finalmente, gerar pontos de vista com toda a legitimidade que é conseguida por um perfil normal de um cidadão.

Esta estratégia de propaganda, se podem construir perfis que realmente se parecem com de alguém real, incluindo toda uma rede de amigos e uma história pregressa, como uma profissão, conhecimentos associados, e vida pessoal. Um perfil falso teria mais chance de sucesso que uma instituição na hora de proteger os interesses do Exército dos Estados Unidos em redes sociais e fóruns de Internet.

Agora sim uma versão mais realista dos fatos. Nessa dá pra acreditar! São em situações como essa que nosso olhar crítico PRECISA estar apurado. Não podemos acreditar de bate pronto em qualquer coisa, nem deixar que uma frase rearranjada mascare os fatos.

Pensem nisso!

 

beijos!

Um comentário sobre “Exército dos EUA cria “vigia” de perfis nas redes sociais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s