Duas Startups que estão mudando a realidade brasileira

É muito fácil você desistir de algo quando parece impossível, a final não existe um jeito de fazer, então é mais tranquilo de jogar as mãos para o céu e dizer:  – Ok, isso não tem como!

Pessoas que criam negócios incríveis, destes que você admira, estilo Uber, Airbnb, Tinder, Facebook e afins certamente passaram por momentos assim, só que não levantaram as mãos e disseram que não havia como, simplesmente buscaram encontrar um jeito de fazer.

“O IMPOSSÍVEL É UMA QUESTÃO DE OPINIÃO.” – Chorão (Charlie Brown Jr)

Se estiver procurando uma grande ideia de Startup sugiro que veja este check list – Como Encontrar Uma Boa Ideia Para Uma Startup

Nessa linha gostaria de apresentar para você dois cases muito bacanas de Startups de sucesso que desafiaram o convencional e estão indo muito bem.

___

UM ESTRANHO PARA JANTAR COM VOCÊ – DINNEER

Você aceitaria que alguém que você não conhecesse fosse jantar na sua casa? E se essa pessoa pagasse por isso? Você pagaria para jantar na casa de um desconhecido?

Estamos em plena era do sharing economy (economia compartilhada) em que as pessoas cada vez mais têm interesse em encontrar maneiras diferenciadas de receita através de consumidores atendendo consumidores, você aproveitando aquilo que tem para ganhar um extra.

O Dinneer habilmente percebeu o movimento que as pessoas estão abrindo suas casas para estranhos desde que o Airbnb provou que isso era possível. E gerou a questão – Por que não fazer isso para refeições?

A ideia foi justamente essa, muitas pessoas estudam gastronomia e não tem um restaurante para testar seus pratos e precisam de outras pessoas além dos amigos para avaliar as refeições. Tem muita gente que sabe cozinhar muito bem e precisa de uma graninha extra. Existe também muita gente que recém chegou na cidade e está querendo criar novos laços…

O que logo no inicio pareceu esquisito, quando você apenas viu as perguntas iniciais – olhando agora parece uma excelente ideia – e É! O Dinneer estava fazendo um grande sucesso, já realizou ações com grandes marcas e abriu operação no exterior.

O Flavio Estevam um grande amigo, CEO do Dinneer sempre foi alguém que buscou desafiar o convencional e dessa vez acertou a mão em cheio.

Aqui tem um podcast muito bacana de uma entrevista que fiz com ele contando a realidade do empreendedorismo – Qual É A Realidade Do Empreendedorismo – Entrevista Com Flavio Estevan
___

VOCÊ SE INCOMODA COM O LIXO, MAS O QUANTO? – B2BLUE

Eis um dos piores problemas da humanidade, que todas as pessoas sabem ser terrível e esta piorando. Alguns tentam ajudar fazendo pequenas ações de sustentabilidade, outros fazem um pouco mais que isso, mas muitoooo poucos realmente tomam isso como uma missão.

Pois a B2Blue foi no nível extremo disso, não só ajudar nessa questão, como criar um negócio sustentável a partir disso.

O novo mundo das Startups não visa responder questões de problemas sociais, ambientes e outros que temos apenas com leis de incentivo, ONGs ou arrecadações. O que a Revolução das Startups trouxe foi uma nova maneira de pensar estimulando encontrar oportunidades de negócio sobre este tipo de questão.

Neste caso a situação é: as empresas precisam descartar, normalmente esse lixo vai para aterros ou rios. Porém, muito do que é descartado em uma empresa, outra precisa comprar como material base de produção. O que fazer? Ligar os pontos.

O que é descartável para uma empresa, pode ser o insumo da outra. A B2Blue justamente se deu conta de criar um portal para que ambas as partes se encontrem e possam realizar essa negociação na plataforma.

O que seria lixo vira uma receita extra para a empresa. O que possivelmente seria comprado mais caro no mercado, vira um insumo mais barato vindo de outra empresa que iria descartar aquilo. O rio, aterro e outros lugares que receberiam esses entulhos não vão mais receber… Quem ganha? Todo mundo.

Muitas pessoas aqui também diziam que era impossível darmos um jeito nessa questão, apostando que apenas pelas vias tradicionais existiam maneiras de remendar a situação. O B2Blue provou mais uma vez que o impossível as vezes é questão de se dedicar a encontrar um jeito.

Faz tempo que conversei com a Mayura em um meetup em São Paulo e ela transbordava sua preocupação com o meio ambiente. O inspirador é ver ela fazendo algo a respeito do meio ambiente, numa questão tão crucial de uma maneira totalmente diferente e com resultados impressionantes.

___

ORGULHO MONSTRO DESSES DOIS

Esses são dois cases brasileiros muito bacanas de empresas que hoje estão indo super bem, iniciada por jovens e que causam grande impacto. Espero que esses dois cases lhe inspire a começar a buscar uma jornada empreendedora que você acredite e seja significativa para muita gente.

 

Aprendendo com o desestímulo

Na hora que você pensa em largar tudo.
[Por Bruno Perin]

DESISTENTES POR PROFISSÃO

Quantas vezes você disse essa frase em um momento que sentiu extrapolar algo? Aquela sensação de afirmar que chega, algo não faz mais sentido para você e é simplesmente momento de largar de mão… Aquela sensação de alivio começa a tomar conta e um peso lentamente começa a escorregar das suas costas, quase como depois de brincar algum tempo com uma criança pendurada nos seus ombros.

É muito comum falarmos isso em projetos que estamos começando, quando encaramos normalmente uma nova atividade, aprendizado, geralmente novo.

Esses dias aconteceu comigo… E por isso desse artigo

ESQUECEMOS DO NORMAL

Principalmente por lidar com fomento ao Empreendedorismo de Alto Impacto – Startups – estou sempre buscando as novidades, conceitos, técnicas e tantas coisas que a galera está fazendo para experimentar e aprender, e depois mostrar ao pessoal o que está rolando de legal.

O que acontece algumas vezes é que como toda a novidade, queremos aquele resultado maravilhoso que vimos em outras pessoas, ou esperamos pelo menos aquela facilidade de aplicação e como os deve ser o início de quase tudo, somos meio desastrados.

A primeira vez que você dançou, dirigiu, fez feijão (o meu primeiro eu queimei tão feio que a casa ficou cheirando mal por dias)… Inicios, são desastrosos… Mas isso é normal.

E infelizmente esquecemos.

“NOSSA MENTE APRENDIZ EM COMEÇOS É O QUE NOS PERMITE ABSORVER O QUE SERÁ NECESSÁRIO PARA AS NOVAS JORNADAS”

A IRRITAÇÃO DE BATER A PORTA DO CARRO NO DEDO.

Não tem como não ficar chateado e bravo logo quando acontece, é algo que desperta uma ira. Dá errado!

Você está no inicio, parece mais fácil do que é, você quer alguns resultados específicos e a coisa não é bem assim… Você se chateia.

Vários pensamentos vem a mente:

  • Será que me mentiram?
  • Será que não nasci para isso?
  • Será que não é o meu momento?

Muitos choques vêm com essa brabeza um senso de que – Agora deu! Não faz sentido eu passar por isso.

VIAGENS PARA LUGARES NOVOS ABREM SUA MENTE.

Já se ligou quando você vai viajar para um lugar bem diferente, o quanto sua mente se abre para um novo jeito de viver, pensar, socializar? Sua mente conhece isso e fica muito aberta a como as coisas podem ser feitas…

O que notei com essa minha última experiência, diga-se de passagem extremamente desastrosa, e que me decepcionei muito comigo mesmo, por ter falhado feio, foi que depois da sensação horrível disso, o seguinte insight assumiu o posto mais chamativo na minha mente – Nossa, quanta coisa posso evoluir.

Parei e fiquei pensando no potencial de que já vi algumas pessoas fazerem aquilo e como trouxe resultados legais, e que comigo tinha sido pavoroso, mas significa que tinha muito a evoluir e isso era bacana.

Esse podcast pode lhe ajudar se quiser ter um atitude mais intensa sobre algo – Como 30 Dias Podem Mudar Seu Conhecimento E Motivação Para Empreender Com Startups

A LIÇÃO POR TRÁS DO ARCO-IRIS

A raiva de ter tantas coisas erradas, comecei a perceber que agora tinha tanta coisa que poderia ajustar que a próxima vez seria muito difícil de ser tão ruim, talvez só meio ruim, ou pouco ruim… Mas fiquei animado com tanta coisa que daria para fazer…

Portanto, no momento que você diz – Agora deu!

Pode ser justamente o momento que muito você tem a evoluir… Pense sobre isso, antes de jogar a toalha.

“AS FALHAS MAIS DOLOROSAS SÃO OS ATALHOS OS TALHOS MAIS DIFÍCEIS E TAMBÉM OS MELHORES PARA A EVOLUÇÃO”

A mística das Startups

O universo das Startups encanta cada vez por lidar de uma forma diferente com o impossível.
[Por Bruno Perin]

O MUNDO DO VINHO

Era aquele sábado finalzinho de tarde, a temperatura estava agradável do ponto que você pode estar com um leve casaco ou uma camiseta, o restinho sol vai batendo na janela e você sabe que ainda tem muito pela frente. A deliciosa pergunta vem – O que eu gostaria de fazer?

Lembrei da indicação de um documentário sobre vinho muito bom que havia recebido e pensei, pode ser uma ótima alternativa. (Somm é o nome dele e tem no Netflix.)

Logo, no início você já sabe que vem coisa boa por aí, o quanto eles destacam o fascinante mundo do vinho que viria… Para quem gosta muito, para quem simplesmente aprecia e até para quem não curte a bebida, o documentário é maravilhoso pela ideia central – o vinho realmente contém uma mística e essa são suas histórias maravilhosas. Além de grandes lições que podemos levar para a vida…

Fica mais nítido ainda que quando você tem um vinho pela frente, não é apenas a bebida mas toda uma história, com rituais e inúmeras peculiaridades que fazer o momento não ser de como tomar um copo da água… é o vinho e seu encantamento.

Isso começou a me levar a pensar – “Nossa mas acontece algo parecido com as Startups que tanto chamam atenção das pessoas e também tem uma mística… O que é?”

Se você tem pensamentos sobre empreendedorismo esse podcast ajuda a entender um pouco mais sobre pensar e agir no assunto – A Diferença Entre Pensar E Agir Empreendedor

AS STARTUPS E O IMPOSSÍVEL

Essa é a combinação que gera a mística. As Startups são pessoas que resolvem desafiar uma forma tradicional de resolver determinado problema e acreditam que existe um novo jeito, impensado, incerto, cheio de riscos e picuinhas… elas vão tentar algo inusitado.

O que chama atenção é justamente essa ideia de fazer o impossível, o que ninguém fez.

Quando pensamos em ideias que desafiaram o tempo como Uber, Waze, Tinder, Whatsapp, isso citando apenas as mais conhecidas é claro, percebemos que elas desafiaram o que era comum, e normalmente acreditamos que isso é impossível. Até alguém fazer.

Convenhamos, nada de fato é… Cada vez mais tem loucos provando que há um jeito… E isso cria a mística.

“O IMPOSSÍVEL É O NOME QUE ALGUMAS PESSOAS DERAM PARA OS SONHOS QUE NÃO TIVERAM OUSADIA DE CORRER ATRÁS”

PORQUE CADA VEZ MAIS PESSOAS QUEREM ISSO?

Ora, pense no último projeto ousado que você fez, que as pessoas não acreditavam tanto, ou sabiam que seria difícil fazer, mas ao mesmo tempo seria incrível. Esse tipo de atividade nos envolve e abraça como uma avó com saudade. E no final é gostoso que só.

A verdade é que esses negócios impossíveis são cobertos de significado, passam a ser missões de vida e alma que precisam ser feitas para ajudar as pessoas e provar que sim – existe um jeito.

Vencer o impossível é uma sensação deliciosa, até quando não é com você. Quando escutamos essas histórias maravilhosas de alguém que conseguiu, sempre acabamos aproveitando um pouquinho dessa sensação, quase como passar o dedo no resto de cobertura de bolo que ficou na panela.

É ótimo quando você utiliza o máximo do seu talento em algo que realmente é um desafio… E essa é a mística das Startups que traz cada vez mais pessoas para esse mundo que o Chorão do Charlie Brown Junior já definiu:

O IMPOSSÍVEL É APENAS QUESTÃO DE OPINIÃO.